As iniciativas tecnológicas, que a Prefeitura de Manaus vem desenvolvendo para os processos de digitalização dos serviços de saúde, serão destaque na próxima edição do Boletim da Secretaria de Atenção Primária (Saps), uma publicação do Ministério da Saúde, lançada em junho deste ano, como ferramenta para fornecer informações aos gestores da Atenção Primária em Saúde (APS) nos municípios. O informativo passará a ter uma nova seção, que abordará a Estratégia Saúde Digital para o Brasil (ESD28) no Sistema Único de Saúde (SUS).

A escolha dos dashboards desenvolvidos pela equipe do Departamento de Informação, Controle, Avaliação e Regulação (Dicar), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), considerou o caráter tecnológico operacional inovador, que tem como objetivo o monitoramento do desempenho das equipes de saúde, que prestam cuidados às pessoas na rede de Atenção Primária à Saúde, possibilitando a avaliação da qualidade dos serviços oferecidos à população.

“Manaus foi o primeiro município escolhido, em razão das iniciativas que vimos desenvolvendo para os processos de digitalização dos serviços de saúde. Um exemplo disso é o dashboard do Previne Brasil, que apresentamos em Brasília, no último mês de agosto, durante visita técnica ao Ministério da Saúde e Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde, o Conasems. É o uso das tecnologias, para melhorar os serviços de saúde, que a administração do prefeito David Almeida oferece à população”, destaca a secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe.

O Dicar/Semsa foi um dos cinco convidados a ser ambiente de testes para sistemas de informação de saúde (e-SUS/Sisab), pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

Manaus também participa de um Comitê Temático de Saúde Digital da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), que visa realizar prospecção tecnológica e criar uma visão de futuro de aplicações de saúde digital.

Além disso, a Semsa inscreveu três trabalhos no maior congresso de saúde digital da América Latina, que será realizado entre os dias 22 e 26 de novembro, e que reúne três grandes eventos: o Fórum RNP 2021, o X Congresso Brasileiro de Telemedicina e Telessaúde (CBTms) e o XVIII Congresso Brasileiro de Informática e Saúde (CBIS), que terão como temática central “Desenvolvimento Humano e Saúde Digital em Foco”.

A diretora do Departamento de Informação, Controle, Avaliação e Regulação da Semsa, Sanay Pedroso, explica que o departamento entende que o serviço público pode ser de excelência, a partir da utilização adequada de esforços e recursos.

“O desafio da transformação digital está posto, será necessário quebrar paradigmas, reorganizar processos, romper barreiras geográficas e temporais e reafirmar propósitos para apoiar a inovação. Podemos gerar mais impacto positivo na sociedade, se trabalharmos de forma inteligente, colocando o cidadão no centro do planejamento em saúde. Apostamos que uma organização orientada por dados é mais efetiva, mais transparente, mais ética e mais sustentável para o SUS”, aponta.