A
deputada estadual Joana Darc (PL) encaminhou um requerimento ao ministro
interino da saúde, general Eduardo Pazuello, solicitando a contratação
emergencial de médicos cubanos e de outros países, que fizeram parte do
Programa Mais Médicos, para suprir a carência de profissionais da saúde no
interior do Estado do Amazonas diante da pandemia de Covid-19.
 Conforme a parlamentar, em vista do quadro de
pandemia do novo Coronavírus, cujo interior do Amazonas já responde por 55% dos
casos, surge a necessidade e busca por alternativas em razão da alta demanda de
profissionais da saúde. “Solicitei a contratação emergencial dos médicos
cubanos e de outros países, que fizeram parte do programa Mais Médicos, que já
atuaram no interior do Estado do Amazonas, 
tendo em vista a experiência e capacitação comprovada”, explica Darc.
 Os referidos profissionais foram retirados,
por medida do Governo Federal, quando houve o cancelamento do programa de saúde
com os médicos estrangeiros. “É preciso que o Governo Federal se
sensibilize. Esses profissionais nos fazem muita falta. Mesmo porque o nosso
Estado é cheio de peculiaridades. As distâncias são enormes, em alguns
municípios há muita pobreza e a realidade é diferente. Portanto, esses médicos
que já atuaram no Amazonas e conhecem essa realidade seriam uma alternativa
para suprir nossas necessidades”, destacou.
 Dos 33.508 casos confirmados no Amazonas até a
última quarta-feira (27), 14.800 são de Manaus (44,17%) e 18.708 do interior
(55,83%). Além da capital, 59 municípios têm casos confirmados.
Fonte: Assessoria de Imprensa da Dep. Joana D’arc
Foto: Matheus Ponce