Entrou em vigor nesta quinta-feira (26), a Lei nº 5.410/2021, que estabelece o tratamento gratuito às pessoas e aos animais diagnosticados com Esporotricose, no âmbito do Estado do Amazonas.

De autoria da deputada Joana Darc (União Brasil), protetora dos animais, a Lei garante o acesso à medicação mais importante no tratamento de humanos e animais com esporotricose atendidos no Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), o ITRACONAZOL, disponibilizado de forma 100% gratuita.

De acordo com a deputada, o poder público tem a responsabilidade de garantir o tratamento e o medicamento gratuito.

“Trata-se de uma doença com alto teor de transmissão, por isso é muito importante que o poder público disponibilize gratuitamente para a população, pois é um medicamento caro. Isso nos dá uma tranquilidade para caso os surtos venham a aumentar aqui no Amazonas, nós estarmos preparados para agirmos prontamente”, explica Joana Darc.

A Resolução Legislativa nº. 469, de 19 de março de 2010, Regimento Interno, da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), determina que o Poder Executivo Municipal, responsável pelo controle de zoonoses, bem como os demais órgãos públicos de Controle de Zoonoses dos municípios do Estado do Amazonas,disponibilizará todo o tratamento médico ou medicamentoso que for necessário para as pessoas diagnosticadas com esporotricose no Estado, além de prestar assistência médico-veterinária e tratamento antifúngico aos animais com esporotricose animal, em casos de animais sem tutoria definida ou com tutoria de pessoas carentes.

Se você possui algum animal com suspeita de esporotricose, pode estar agendando o atendimento pelo whatsApp 98842 8484