Mais de 70 mil pessoas já passaram pela festa popular mais tradicional da cidade, o 64° Festival Folclórico do Amazonas (FFA), realizado no Centro Cultural Povos da Amazônia (CCPA), no Distrito Industrial, zona Sul, que teve início no dia 12/6. O festival, promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), com apoio do governo do Amazonas, é totalmente gratuito e acontece até a próxima quinta-feira, 23, sempre a partir das 19h.

Nesta terça-feira, 21, mais de 4.300 pessoas acompanharam as apresentações da décima noite do evento, que ficou a cargo dos grupos folclóricos: Vingadores de Virgulino (dança nordestina), Sedução da Compensa (ciranda), Mocidade da Roça (quadrilha tradicional), Ciranda do Armando Mendes (ciranda), Explosão na Folia (quadrilha tradicional), Império da Compensa (ciranda), e Cangaceiros de Aparício (dança nordestina), que animaram o público presente na arena do CCPA.

O diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira, explica que o evento resgata o festival para o mês de junho e local de origem, além de mostrar o trabalho da gestão David Almeida em preservar a cultura local.

“A prefeitura investiu aproximadamente R$ 1 milhão em fomento para os 72 grupos de danças, que ainda receberam um reajuste de 20% no apoio financeiro. Estamos gerando mais de mil empregos de forma direta durante o festival. E o segmento folclórico pedia para que o festival voltasse para o mês de junho, data de origem, fizemos isso, reajustamos os valores das danças, e ainda iremos realizar uma competição para que novas danças possam entrar na categoria Bronze” pontua Oliveira.

Divulgação

A enfermeira Jéssica Cardoso, 36, levou a filha mais nova para prestigiar o festival, ela conta que resolveu ir ao local após ver a divulgação nas redes sociais da prefeitura.

“Vi a divulgação nas redes sociais da prefeitura no fim de semana, resolvi trazer a minha filha para se divertir e ver as danças folclóricas, estou adorando a organização, desde o momento que você chega, passa pela revista, aqui em cima, tem policiamento e várias pessoas auxiliando o público, muito organizado, estão de parabéns”, comenta.

O empreendedor Chrystian McComb, dono do “Dogão do Rei”, conta que as vendas no festival estão superando as expectativas.

“Estamos vendendo bastante, e temos uma boa expectativa de venda. O público tem comparecido ao festival, e para nós que somos empreendedores o festival tem sido maravilhoso. Tem noites de muito faturamento e um bom rendimento também”, salienta.

Atrativos

Além dos grupos de dança, o festival conta com uma feira de artesãos e a venda de produtos regionais. Outro atrativo é o espaço kids para a diversão da criançada.

A praça de alimentação do festival, com o oferecimento de guloseimas típicas do período junino, está localizada próxima à arquibancada do anfiteatro, funcionando durante todo o evento, com preços que vão de R$ 5 a R$ 35.

Programação

A programação completa do festival pode ser consultada no site da Manauscult (manauscult.manaus.am.gov.br) ou diretamente pelo link https://bit.ly/64°FFA.

Quarta-feira (22/6)

19h50 – Abertura do evento

20h – Rosas da Noite (quadrilha tradicional)

20h45 – Molejo (ciranda)

21h30 – Coração de São João (quadrilha tradicional)

22h15 – Caipira Rasta Pé na Roça (quadrilha tradicional)

23h – Unidos do Alvorada na Roça (quadrilha tradicional)

23h45 – Brotinhos do Parque (quadrilha tradicional)

Cangaceiros de Aparício (dança nordestina)

Quinta-feira (23/6)

19h50 – Abertura do evento

20h – Meu Reino da Roça (quadrilha tradicional)

20h45 – Império na Folia (quadrilha tradicional)

21h30 – Junina Gaviões na Roça (quadrilha tradicional)

22h15 – Amor de São João (quadrilha convidada)

23h – Os Afobados na Roça (quadrilha convidada)

23h45 – Flor de Liz (quadrilha convidada)

Foto – Antônio Pereira/Manauscult