Pedro Henrique Damasceno Santos, de 26 anos, foi preso nesta quarta-feira (18), na casa de familiares no conjunto Beija-Flor, na Zona Centro-Sul, em cumprimento a mandado de prisão preventiva por tentativas de homicídio e importunação sexual. O homem é apontado como integrante do quarteto que agrediu fisicamente, no último dia 23 de fevereiro, o estudante de medicina Odilon Pereira, de 20 anos, na banda do Vieiralves. O crime aconteceu no estacionamento de uma universidade privada, na rua Professor Nilton Lins, bairro Flores, naquela mesma zona.


Conforme a vítima, o espancamento foi ocasionado após a prima dele ter sido assediada por Pedro Henrique, Bruno Luan Vasquez, 22, que já foi preso e Caio Nogueira e Aldair Lucas Gonçalves dos Santos, que segundo o delegado Rafael Allemand, titular da 5ª Seccional Centro-Sul, são considerados foragidos da Justiça.


“No momento em que eu o vi passando a mão na minha prima, avisei que ela estava acompanhada e que ele deveria respeitá-la. Na hora, o homem me empurrou e disse que não importava se ela estava acompanhada. Depois disso, seguimos em direção ao banheiro. Ela entrou e fique esperando. Na saída, eu senti algo me acertando e tentei me defender, mas era apenas eu contra quatro”, relatou Odilon na época do crime.


Pedro recebeu voz de prisão e deverá passar por audiência de custódia via videoconferência. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio e importunação sexual.


https://www.google.com/amp/s/emtempo.com.br/policia/194732/mais-um-homem-que-espancou-estudante-em-bloco-de-carnaval-e-preso%3f_=amp