O ministro Marco Aurélio adiou sua aposentadoria do Supremo Tribunal Federal (STF) para o dia 12 de julho. A princípio o decano deixaria o cargo no dia 5.

Aurélio alegou que quer diminuir o número de processos que ficarão em seu gabinete. Em junho deste ano o ministro completa 31 anos de STF.

Os mais cotados para assumir a vaga são André Mendonça e Augusto Aras.