Joarez Gonçalves Almeida, de 38 anos, foi morto a facadas após ser flagrado pela esposa, Luciane Ripka de Marafigo, assistindo vídeos de mulheres dançando no TikTok.  O crime ocorreu em Contenda, na região Metropolitana de Curitiba (PR), no último dia 12 de julho.

Segundo o site DOL, Luciane pediu várias vezes para que Joarez não assistisse vídeos das mulheres dançando nas redes sociais, mas ele ignorava os pedidos. Enquanto estava no sofá, a mulher se aproximou com uma faca e perfurou o esposo no peito, atingindo o coração.

Quando os policiais chegaram na casa, a mulher estava sentada no chão, enrolada em um cobertor e bebendo ao lado do corpo.

Fonte: Uol