Profissional foi atacada por casal em Novo Gama (GO), após se negar a dar atestado de Covid sem que fosse apresentado o teste positivo

Galtiery Rodrigues

29/01/2022

 

médica agredida em novo gama, goiás, por casal do distrito federalReprodução

Goiânia – A médica Sabrina Ribeiro de Oliveira Lacerda, vítima de agressões físicas praticadas por um casal dentro de uma unidade de saúde em Novo Gama (GO), no Entorno do Distrito Federal, teve traumatismo craniano.

 

 

A profissional foi agredida, na quinta-feira (27/1), após se negar a dar um atestado médico de Covid-19, sem que fosse apresentado pelo casal, que é de Santa Maria (DF), o exame indicando resultado positivo para a doença.

 

Ela sofreu lesões na região temporal da cabeça e teve de ser levada para um hospital, onde foi constatado traumatismo cranioencefálico leve. A médica pôde retornar para casa, onde permanece de repouso e em observação, pois ainda sente dores musculares.

 

Fonte: https://www.metropoles.com/brasil/medica-agredida-por-casal-no-entorno-do-df-teve-traumatismo-craniano