Suspeita de ser falsa médica cobre o rosto ao ser flagrada em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. — Foto: Reprodução/TV Globo

A polícia prendeu uma mulher que se passava por médica em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Ela trabalhava na Unidade de Terapia Intensiva do hospital Prontonil e usava o nome de outra médica nos atendimentos.

O flagrante foi feito pela médica verdadeira. Abalada, ela não quis gravar entrevista, mas confirmou que a falsa médica usava seu número no Conselho Regional de Medicina (CRM) e a identificou como Bruna Carla de Oliveira Sozin.

A falsa médica foi presa em flagrante. Segundo funcionários, ela era responsável por duas unidades de terapia intensiva do hospital.