Um homem de 45 nos e a esposa foram presos após denúncia de que o casal torturava uma criança de 4 anos de idade. De acordo com a polícia, o homem é militar do Exército e a mulher é madrasta do menino. A prisão aconteceu na terça-feira (7), em Manaus.

De acordo com a delegada Joyce Viana, da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), um post nas redes sociais dizia que a criança era espancada pelo pai. A polícia recebeu a denúncia através de um agente do Conselho Tutelar.

O militar dizia que a criança “era rebelde e precisava de correção”. A criança contou que também ficava ajoelhada em caroços de milho. O menino apresentava várias marcas de agressões pelo corpo.

Este é o segundo caso de violência contra criança em menos de uma semana. Na terça-feira (7), uma criança de 9 anos que era torturada e acorrentada foi resgatada. A vítima sofria sessões de de agressões da família.

O relato dos maus-tratos foi feito pelo próprio pai durante depoimento na Depca. Ele disse que o menino urinava na cama e tomava iogurte da irmã e por isso foi mantido preso. A criança era mantida acorrentada durante a noite.