Manaus/AM – Um moto foi encontrada com Silas Ferreira da Silva, de 26 anos, no momento de sua prisão na noite desta segunda-feira (22) e apreendida. Ele é suspeito de assassinar o sargento e genro do dono do hospital Santa Júlia, Lucas Ramon.

Segundo informações de investigadores a moto apreendida não foi a mesma usada no crime. A arma também não foi encontrada.

A família de Lucas havia oferecido uma recompensa de R$ 40 mil por informações que levassem ao paradeiro do pistoleiro.

Mais detalhes sobre a prisão do suspeito ocorrerá nesta terça-feira (23) em coletiva de imprensa.

Fonte: Portal do Holanda