Manaus/AM- Uma mulher, identificada como A.A.L, 32, mordeu um policial militar para tentar impedir a prisão do sobrinho, Ruan L. M, de 21 anos, na tarde de ontem (22), no bairro Nova Vitória, zona Leste de Manaus.

De acordo com informações da polícia, o jovem foi denunciado suspeito de portar uma arma de fogo e vender drogas no bairro citado. A polícia localizou Ruan que estava em uma motocicleta e portava 68 trouxinhas de entorpecentes.

Ao ser questionado, o suspeito acabou confessando à polícia sobre a venda das drogas, e informou que alugava a moto para outros criminosos realizarem assaltos come ela. Buscas foram realizadas na casa dele, onde a arma de fogo foi encontrada.

No momento em que o rapaz foi conduzido para a viatura, a tia de Ruan tentou impedir que ele fosse algemado e levado à delegacia, mordendo a mão de um dos policiais. A tia do suspeito acabou presa por desacato, desobediência e lesão corporal. Já o sobrinho dela vai responder por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Ele já possui passagem por roubo cometido em 2019.