Identificada inicialmente como Pérola Eduarda, a mulher que foi morta com pelo menos 12 tiros na noite dessa sexta-feira (24), na Rua 50, Amazonino Mendes, Zona Leste de Manaus, estava grávida de 2 meses, de acordo com a mãe de Tiago Costa dos Santos, de 17 anos, que foi morto durante o ataque criminoso na Zona Norte.

LEIA MAIS: Agora: Mulher é amordaçada e morta a tiros na Zona Leste

Pérola estava junto com Tiago em um kitnete localizado na Rua 25, bairro Santa Etelvina, quando foi levada por criminosos junto com uma mulher e uma criança em um carro modelo Onix, cor prata e placa não identificada. No local, além de Tiago, outro homem distiguido como Patrick Freitas Maia, também foi morto a tiros.

Lidiane, que está passando por um processo de reabilitação de dependentes químicos, falou com a imprensa sobre a morte do filho menor de idade. “Levaram o meu bem mais precioso, o homem da minha vida”, disse a mãe.

A criança e uma moça ainda estão em posse dos bandidos. A policia segue em patrulha pela cidade de Manaus para tentar localizar os meliantes e as vítimas que estão em um automóvel modelo Onix, cor prata e placa PHE 3569.