Viviane Soares, 32 anos, e Maria Célia de Santana, 69 anos, morreram nesta sexta-feira (4/6), após serem baleadas na porta de casa, no Curuzu, bairro Liberdade, em Salvador. Testemunhas contaram que policiais militares perseguiam um homem em um carro branco, na Rua dos Pinhais.

Ao tentar fugir, o suspeito bateu com o carro em um caminhão que estava estacionado e saindo correndo a pé. Foi neste momento que, segundo os moradores, os policiais começaram a atirar e atingiram as duas mulheres, que estavam no local. A divulgação do caso foi feita pelo G1.

De acordo com a reportagem, a Polícia Militar confirmou um pedido de apoio de guarnições e viaturas da 37ª Companhia Independente foram até a Rua Conteda, no Curuzu, mas não deu outros detalhes.