Uma mulher de 42 anos foi presa em Pauini,  suspeita de agressão contra o enteado de apenas 2 anos. A polícia contou que a criança morreu vítima de maus-tratos na quinta-feira (15).

De acordo com o investigador André Sergey, gestor da 63ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Pauini, a criança estava internada em uma unidade hospitalar do município desde a quarta-feira (14), onde deu entrada com equimoses (mancha vinhosa) e hematomas pelo corpo.

Depois de dar entrada no hospital, a polícia foi comunicada sobre o caso.

As circunstâncias em que as agressões ocorreram não foram divulgadas e, conforme o investigador as investigações em torno do caso estão em andamento.

A mãe adotiva da vítima foi presa em flagrante pela suposta autoria do crime.