Distribuição iniciou nesta segunda e segue até sexta-feira (08/04)

O Governo do Amazonas iniciou, nesta segunda-feira (04/04), a nova etapa de entregas dos cartões do Auxílio Estadual permanente em Manaus. Nesta fase serão contempladas 19,8 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, sendo 14,2 mil na capital e 5,6 mil no interior. Os beneficiados foram selecionados por meio do Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

Em Manaus, as entregas serão feitas até a sexta-feira (08/04), das 8h às 16h, em dois pontos: no Centro de Convivência Estadual do Idoso (Ceci, rua Wilkens de Matos, s/nº, bairro Aparecida, zona sul) e no Centro de Convivência da Família Teonízia Lobo (rua da Penetração III, quadra 60, s/nº, bairro Mutirão, zona norte de Manaus).

Os novos contemplados foram selecionados após o encerramento da primeira fase de entregas, quando foram distribuídos pouco mais de 280 mil cartões, de um total de 300 mil previstos para o programa.

De acordo com a secretária executiva adjunta da Secretaria de Assistência Social (Seas), Laudenise Oliveira, após o trabalho de busca ativa feito pelo Governo do Estado às famílias inicialmente contempladas, foi necessário realizar uma nova seleção.

“Nessa nova fase são pessoas que estão substituindo aquelas que não puderam receber os seus cartões no período de novembro até fevereiro, na primeira fase de entrega dos cartões. Vamos atender no Teonízia Lobo as regiões da zona leste e norte. As demais zonas da cidade vão ser entregues no Ceci Aparecida. Precisa vir com documento de identidade e CPF em mãos para poder receber o cartão permanente”, informou Laudenise.

O cronograma de pagamento aos novos beneficiários ocorre da mesma forma que já vinha sendo feito com as primeiras famílias, com o crédito de R$ 150 mensais sendo disponibilizado todo dia 15 de cada mês. Por se tratar de uma nova etapa, não haverá créditos retroativos de meses anteriores.

A consulta dos nomes dos novos beneficiários já está disponível no site www.auxilio.am.gov.br. Para saber se foi contemplado, basta informar o CPF e a data de nascimento no site.

Ajuda bem-vinda – Uma das famílias alcançadas nesta nova etapa é a da dona de casa Deilza Oliveira. Mãe de dois filhos, ela conta que está desempregada e que o benefício vem em boa hora.

“Eu me inscrevi no site, e digitei lá meu CPF, minha data de nascimento, e lá constou que eu estava aprovada. Vai ajudar muito, porque todo mundo sabe que nós passamos por um momento difícil devido à pandemia e ao índice de desemprego. Vai me ajudar muito na renda familiar”, assegurou a dona de casa, que já saiu do Centro de Convivência da Aparecida com o cartão em mãos.

Criado pelo governador Wilson Lima, o programa é coordenado pela Seas e pelo Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), com a colaboração de outras secretarias estaduais.

Ao todo, 19.897 famílias receberão os cartões nesta etapa. Destas, 14.221 são de Manaus e outras 5,6 mil são do interior. O cronograma de entrega nos demais municípios será anunciado em breve.

Balanço – Além de beneficiar famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, ajudando na segurança alimentar, o Auxílio Estadual também movimenta a economia dos municípios, injetando recursos no comércio local.

De novembro de 2021 até março deste ano, o Governo do Amazonas já colocou em circulação R$ 208 milhões em todo estado com o pagamento do Auxílio Estadual. Foram R$ 108 milhões na capital, com cerca de 144 mil cartões entregues. E no interior houve um incremento na economia de R$ 102 milhões, em cinco meses, com aproximadamente 136 mil cartões do Auxílio Estadual repassados aos beneficiários.