Manaus – A Prefeitura de Manaus, via Manaus Previdência, promoveu, nesta segunda-feira (4), a integração de mais dois nomeados no concurso público, que começaram as atividades nesta semana. A psicóloga Larissa Migliorin da Rosa passa a integrar a equipe do Psicossocial, e o técnico previdenciário (especialidade administrativa) Brendon Bastos da Conceição ficará lotado no setor Financeiro.

Larissa é graduada em psicologia pela Faculdade Martha Falcão, desde 2015, possui residência multiprofissional em saúde e mestrado em Psicologia pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam). Ela entra com o novo desafio de tocar os programas e projetos psicossociais voltados para aposentados e pensionistas do município.

O primeiro será o “Pensando o Futuro”, programa de orientação de carreira para jovens pensionistas que estão prestes a ter o benefício encerrado por idade e que começa na próxima semana.

Larissa conta que foi aprovada no concurso da Manaus Previdência de 2015, ficando classificada na 7ª colocação para o cargo de psicóloga, mas não chegou a ser convocada. Desde lá, vinha conciliando a carreira com os concursos públicos. A aprovação recente veio como fruto de muita dedicação nos estudos, sobretudo nos últimos dois anos. “Fiquei a pandemia inteira estudando para concursos”, comenta.

Trabalhar com idosos será um novo desafio profissional para Larissa. “Eu já estagiei na época da faculdade com idosos, então eu sei mais ou menos como é. Mas vai ser um desafio, porque vou ter que me aprofundar mais neste novo público. Então, terei que ter um conhecimento maior, me dedicar mais. Estou bem ansiosa para saber como será o trabalho”, diz ela, entusiasmada.

A nova psicóloga da Manaus Previdência atua na área clínica e é adepta da abordagem fenomenológica existencial.

Foco

Brendon assume o cargo de técnico administrativo na autarquia. Antes disso, ele já havia passado em dois concursos para órgãos públicos em regime celetista. Em 2021, ele conta que decidiu focar em concursos para titular de cargo efetivo e estatutário, que oferecem um melhor nível salarial.

Experiente em realizar provas, Brendon diz que estudou por três meses de forma intensiva, com foco no treino das questões da Fundação Carlos Chagas (FCC), realizadora do concurso da Manaus Previdência. “Como já tinha conhecimento, estudei três meses direto e foquei nas questões. Fiquei muito feliz com o resultado”, declara.

Remuneração

Após o reajuste concedido em abril pela Prefeitura de Manaus, os cargos de analista previdenciário oferecem a remuneração de R$ 7.409,37, para 40 horas semanais. Já para os cargos de técnico previdenciário a remuneração é R$ 4.939,57, também para 40 horas.

O concurso público da Manaus Previdência, cujas provas foram aplicadas pela FCC, foi realizado em dezembro de 2021. O resultado final do certame para cargos de técnicos e analistas previdenciários foi divulgado no dia 10 de fevereiro de 2022.

Até o momento, já foram dez nomeados no concurso, que dispõe de vagas para técnicos e analistas previdenciários. Os primeiros aprovados assumiram a vaga em maio deste ano e a segunda turma em junho.