TCE


O inchaço e a sensação de barriga pesada são alguns dos principais motivos de desconforto em quem é intolerante a algum tipo de alimento comum nessa época do ano, como embutidos e comidas com tempero condimentado

Com a chegada das confraternizações e festas de Natal e Ano Novo, onde as ceias costumam ser variadas e altamente calóricas, ricas em gordura e carboidratos, o desconforto abdominal se faz presente em centenas de pessoas. Para evitar isso, a nutricionista da Hapvida NotreDame Intermédica, Aline Nascimento, separou dicas preciosas para que as festas sejam melhor aproveitadas por todos.

De acordo com a especialista, uma das causas para o inchaço abdominal é o consumo excessivo de sódio, uma vez o sal regula o volume hídrico (quantidade de água) no corpo. Se ingerido demasiadamente, o organismo precisará reter mais água para diluir o mineral.

“Os alimentos ricos em sal aumentam essa sensação de inchaço, então, devemos evitar o consumo de alimentos em conserva, alimentos embutidos como linguiças e salsichas, e dos temperos prontos como tabletes ou caldos, preferindo sempre temperos naturais como ervas frescas ou secas e dos alimentos na sua forma original, cuidando sempre da quantidade de sal que colocamos durante o preparo”, destacou.

A nutricionista explica ainda que, após as festas, para aliviar a tensão do inchaço, é importante que o consumo de água seja mais frequente. “Além disto, é importante adotar uma alimentação equilibrada com frutas, legumes e verduras, que além de fornecer todas as vitaminas que nosso corpo precisa, também são fontes de fibras e antioxidantes que auxiliam na eliminação de toxinas que pioram o inchaço”, disse.

Entre outras dicas, Aline Nascimento destacou que alguns chás diuréticos como hibisco, cavalinha ou o chá verde também podem auxiliar, desde que sejam consumidos sob orientação médica, principalmente para pessoas com doenças no coração ou nos rins. “Por fim, é importante lembrar que a prática de atividade física também auxilia na redução do inchaço, com essas dicas, podemos aproveitar as festas de fim de ano sem preocupação com inchaço”, finaliza a nutricionista.

 

Fonte: F5 Comunicação

Foto: Divulgação