TCE


 

_Evento de encerramento acontece no sábado de Carnaval (10/02) e conta com a participação de moradores da comunidade, que participaram da idealização do projeto “Festa na Comunidade”._

A oficina criativa – Festa na comunidade desenvolvida com a participação de moradores, tem encerramento neste sábado, a partir das 18h, com a apresentação do bloco “Esturro da Onça”, realizada pelo espaço ArteNaMata Cultural com o apoio da Dabacuri Produções, na comunidade Nossa Senhora do Livramento, zona rural de Manaus.

A oficina é resultado do projeto “Festa na Comunidade”, contemplado pelo edital Programa Manaus faz Cultura 2023, da Prefeitura de Manaus, e atende ao Programa de Cultura Itinerante do município.

O “Esturro da Onça” é uma criação coletiva que contou com a participação de moradores da comunidade. . Além de jovens, que participaram da confecção de figurinos e adereços, agregou alguns músicos locais que irão animar o evento de encerramento do projeto, entre eles, Luiz Salgado, Sidrônio e Carlão.

Mulheres da comunidade também participaram do projeto, como a indígena baré, d. Jeremias, que trabalhou na confecção de algumas fantasias e adereços, a maioria com material reutilizado, como papelão e retalhos de tecido.

 

Marta (Lora) também participou do projeto, e cedeu o seu espaço – o Bar da Lora – para a realização do encerramento do projeto. Comunidades do entorno do Livramento também foram convidadas.

 

Segundo o artista visual Zeca Nazaré, morador da Comunidade do Livramento há mais de dez anos, coordenador do projeto e proprietário do ArteNaMata Cultural – misto de ateliê e pousada – o Bloco “Esturro da Onça” é um embrião da festa que, ao ser abraçada pela comunidade possa fazer parte do calendário anual de festividades da região, envolvendo moradores do entorno da localidade, atrair visitantes e movimentar economicamente a comunidade. “Tem tudo para crescer, se fortalecer e ser mais uma opção cultural/artística para a cidade, que pouco conhece a as comunidades da zona rural de Manaus”, reforça Zeca Nazaré.

 

Todo o material necessário, inclusive para a montagem da “festa” (projeto final da oficina), foi custeado pelo projeto como tecidos, tintas, pincéis, papéis e adereços, além de cachê para os participantes a título de ajuda de custo

….