A polícia cumpre nessa quinta-feira (9), 56 mandados de prisão contra suspeitos de envolvimento no desaparecimento dos meninos Lucas Matheus, 9, Alexandre Silva, 11, e Fernando Henrique, 12.

As crianças desapareceram em Belford Roxo, na Comunidade Castelar, no Rio de Janeiro há quase um ano. Ao menos 18 pessoas já foram presas na comunidade e outros 15 mandados de prisão foram cumpridos entre detentos do Rio.

Nos últimos dias, a Polícia Civil interceptou áudios trocados entre traficantes onde os mesmos citam que as crianças foram torturadas e mortas por outro grupo após terem furtado um passarinho.

Nas conversas, os desconhecidos falam sobre Victor Hugo dos Santos Goulart, conhecido como VT ou Vitinho, que segundo eles, é um dos participantes do crime. Ele se entregou a polícia para escapar de uma onda de execuções que o Comando Vermelhou ordenou por conta das supostas mortes das crianças.

O parceiro dele, Willer Castro da Silva, conhecido como “Estala”, foi um dos executados. Segundo as investigações, eles chegaram a pedir autorização para assassinar as vítimas, mas não teriam informado que se tratava de três crianças.

Fonte: Uol Notícias