Foto: Divulgação/Hospital Waldemar Alcântara (HGWA)

Não existe distância quando o assunto é amor. No Ceará, o servente de pedreiro Alex da Silva Gonçalves, 20, e Ysmenia Sousa, viajam semanalmente mais de 400 km para visitar a filha Maria Layla, de três meses.

A pequena está internada, desde o seu nascimento, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), em Fortaleza. Para acompanhar o quadro clínico da primeira filha, Alex e Ysmenia viajam do município de Cedro, no Interior do Estado, até a Capital, duas vezes por semana. Com informações opovo.com.br.