Verdão realizou a operação envolvendo a saída do jogador para o clube português no valor de R$ 55,5 milhões por cinco temporadas

O Palmeiras não tem mais o atacante Gabriel Veron no seu elenco. O jogador foi vendido para o Porto, de Portugal, em acordo válido por cinco temporadas ao custo de € 10 milhões (R$ 55, 5 milhões), com o pagamento recebido em seis parcelas ao longo de três anos.

O Verdão ficará com 60% deste valor (R$ 44 milhões) por seus direitos econômicos. Já o Santa Cruz, do Rio Grande do Norte, dono o restante, receberá € 2 milhões (R$ 11,1 milhões).

O acerto acontece depois da presidente Leila Pereira afirmar que ninguém sairia do Alviverde neste ano. A reportagem apurou que o técnico Abel Ferreira não era favorável a venda, mas entendeu os motivos da diretoria pela operação com o melhor jogador do Mundial sub-17 em 2019, que também revelou que tinha interesse em sair.

A saída da revelação palmeirense deve abrir mais espaços para Wesley e Breno Lopes. Porém, nomes como Ferreirinha e Paulinho estão em pauta.  O Alviverde manterá 10% da Cria da Academia em uma futura venda e pode ganhar mais € 5 milhões (R$ 27, 7 milhões) por metas atingidas.

Gabriel Veron sai do Palmeiras com 97 jogos e 14 gols no profissional. O Porto irá oficializar nas próximas horas o acerto com o atacante, que deve ser apresentado no próximo sábado (23), em amistoso contra o Mônaco (França). O atleta foi um pedido do técnico português Sérgio Conceição.

O Verdão irá enfrentar o América-MG nesta quinta-feira (21), no Estádio Independência, pelo Brasileirão, e o jogador provavelmente não será relacionado. No último jogo, fez o gol da vitória sobre o Cuiabá, no Allianz Parque.

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação