A obra “Borboletas” é o primeiro livro da escritora, Manu Estumano

Durante a pandemia do Covid-19, as atividades passaram a ser caseiras e preencher as lacunas da rotina exigiu criatividade de muitos. Nesse cenário, alguns se reinventaram e utilizaram o tempo livre para criar novas possibilidades. Esse foi o caso da escritora Manu Estumano, 21, que produziu cinco livros durante a quarentena e está lançando o primeiro neste ano. Nascida em Oriximiná – Pará, Manu começou a fazer poemas cedo, depois compondo canções religiosas, até descobrir uma vocação para a escrita de narrativas. “Borboletas” o primeiro livro que compartilha com o público, disponibilizado virtualmente em território nacional e internacional.

“Borboletas” foram escrito em 2020, sendo um divisor de águas na vida literária da escritora. “Comecei a escrever em janeiro, quando o mundo estava ‘normal’; concluí em maio, estando isolada em casa há 3 meses por conta da pandemia. Foi um processo de transição e mudanças globais muito significativas. Escrever ‘Borboletas’ me trouxe sanidade nesses dias difíceis”, relata ela. Segundo Manu, a obra reafirmou seu gosto pela escrita criativa, em especial pela produção de romances.

O livro conta a história de Samanta Morris, uma jovem de 20 anos diagnosticada com esclerose múltipla desde os 14, que ao se apaixonar por Billy Gordon, um jovem enigmático e atraente, lida com novos desafios e traumas do passado. “É uma história que fala sobre casulos e voos, sobre como encaramos nossas limitações e como isso interfere na forma que nos enxergamos. Podemos ser a lagarta, pequena e limitada, assim como podemos ser a borboleta, que voa alto e vê além. Nós escolhemos quem somos”, explica a autora.

Compartilhar suas ideias pela primeira vez tem sido prazeroso e desafiador, visto que um livro é um grande instrumento na formação de opiniões. De acordo com a escritora, a busca por conteúdos relevantes e coerentes é necessária para que todo escritor desenvolva não só um livro, mas uma ferramenta de transformação social.

O lançamento de “Borboletas” ocorre oficialmente no dia 11 de março deste ano, podendo ser encontrado em diversas lojas online; por enquanto, o livro segue disponível para a Pré-Venda no site da Editora Viseu. Após romper o casulo da timidez e dar o primeiro voo na carreira, Manu afirma que pretende lançar outros em breve. “Tenho alguns materiais prontos e com certeza quero publicar também em um tempo oportuno. Escrevendo me sinto livre como uma borboleta. Quero que as pessoas se sintam assim ao lerem meus escritos também”, declarou.

O livro encontra-se disponivel em varias plataformas digitais, adquira já o seu:

Amazon formato Kindle:
https://www.amazon.com.br/Borboletas-Manu-Estumano-ebook/dp/B09SBML3YJ

Barnes and Noble – EUA:
https://www.barnesandnoble.com/w/borboletas-manu-estumano/1140998314

Fnac – França:
https://www.fnac.com/livre-numerique/a16703782/Manu-Estumano-Borboletas

Editora Viseu – Brasil:
https://www.editoraviseu.com.br/borboletas-prod.html