TCE


Policiais federais e servidores administrativos da Polícia Federal (PF) vão realizar o segundo ato da mobilização a favor da reestruturação das carreiras da PF na manhã da próxima quinta-feira (16), data que marca o Dia do Policial Federal, em todas as unidades da PF.

Em Brasília, está prevista uma manifestação, às 10h, que seguirá da sede da PF até o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). Várias atividades da PF em todo o país serão afetadas durante todo o dia. No fim de outubro, foi realizado o primeiro ato desde que os policiais federais aderiram à mobilização.

O chamado “Dia D” contou com atos espalhados nas superintendências regionais e demais unidades da PF de todo o País, inclusive em Brasília, onde cerca de 200 policiais e servidores da PF se manifestaram em frente à sede da instituição.

A mobilização também conta desde o início da semana com inserções na TV, rádio e outdoor, e irão até dia 17 de novembro. Em meio à GLO e à crise da segurança pública em diversas cidades brasileiras, com a intensificação do emprego do efetivo da PF para coibir a criminalidade, os policiais e servidores administrativos da corporação denunciam a falta de compromisso do Governo Federal com a proposta de valorização das carreiras.

Entidades de classe também alegam desrespeito e descaso por parte do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), que tem como titular a ministra Esther Dweck. A pasta vem justificando que o governo ainda não teria encontrado uma solução orçamentária para a implementação da reestruturação das carreiras da PF.

“Essa não é uma reivindicação classista, essa é uma proposta da Polícia Federal, do Ministério da Justiça. Mas, o que estamos vendo, é um descaso do Ministério da Gestão e da Inovação com a direção da PF e com o ministro da Justiça, porque a proposta já está com eles há meses e todas as reuniões são proteladas. É preciso acabar com esse desrespeito com os servidores da Polícia Federal e com a própria Direção da PF.

Uma polícia desvalorizada é uma sociedade desprotegida. Chega de marketing e mais valorização da PF”, afirma o presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Luciano Leiro.

A expectativa é que no próximo dia 28 de novembro, ocorra uma reunião entre MGI, Polícia Federal, entidades de classe e Ministério da Justiça e Segurança Pública. No dia seguinte (29), os policiais e servidores administrativos da PF vão participar de uma sessão solene na Câmara dos Deputados, em Brasília, alusiva ao Dia da Polícia Federal, onde também será realizado um ato a favor da reestruturação das carreiras.

Serviço: Segundo ato da mobilização das categorias de servidores da PF Data: 16 de novembro de 2023 (quinta-feira) Horário: às 10h, em Brasília, e durante a manhã nas demais unidades da PF Local: Concentração no DF – Sede da PF, seguindo até MJSP Demais estados em frente às unidades da PF