O agente de portaria José Benedito Pinto, de 70 anos, morreu na manhã desta sexta-feira (10), enquanto aguardava na fila para ser demitido. O caso aconteceu em Guarulhos, São Paulo.

José era funcionário da  ProGuaru (companhia pública de varrição de ruas) que está sendo extinta da cidade. Segundo informações, os funcionários precisaram enfrentar sol forte em uma fila para assinar a demissão, momento que ele começou a passar mal.

A Guarda Municipal fez os primeiros atendimentos e acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas José já não apresentava sinais vitais.

Ele era casado e tinha 21 anos de empresa.