Coari – O prefeito de Coari, Keitton Pinheiro, juntamente com o vice Edilson Lima, membros da Comissão Municipal de Enfrentamento à Enchente e vereadores, acompanhou, nesta terça-feira (10), os serviços de construção de pontes e passarelas de madeira que estão sendo executados para facilitar a passagem de pessoas em áreas inundadas devido à cheia do rio. Os trabalhos iniciaram pela rua Moisés Bezerra, no bairro Chagas Aguiar, onde todos os moradores já sentem os efeitos da subida das águas.

As autoridades também estiveram observando de perto a realidade de outras áreas da cidade, como o beco Santos Dumont, nas mediações da rua Costa e Silva, no bairro Duque de Caxias. “O nosso maior objetivo é minimizar os impactos causados por este cenário de desastre natural, por isso estamos fazendo as visitas técnicas, conversando com os moradores e ouvindo as suas necessidades, a fim de fortalecer as ações de respostas às inundações”, afirmou o prefeito Keitton Pinheiro.

 

O serviço está sendo realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, que prevê a construção de mais de cinco mil metros de pontes e passarelas nas zonas urbana e rural. Na área urbana, os primeiros locais que irão receber essa medida de prevenção à cheia são as ruas Moisés Bezerra, Costa e Silva, Carvalho Luz, Dom Mário, Dom Canaã, Santos Simões e a Orla da Cidade. Ao todo, mais de 50 pessoas estão envolvidas no trabalho.

Além disso, está sendo realizado o monitoramento nas áreas para verificar a demanda tanto de construção de pontes e passarelas como de maromba, que passa por dentro das casas. Conforme a necessidade para a construção da maromba, é entregue kits contendo 4 dúzias de tábuas, 3 dúzias de pernamanca e 3 quilos de prego. O Governo Municipal também segue com o monitoramento na zona rural, atuando nas situações de anormalidade e reabilitação do cenário.

Desde o dia 6 deste mês, o município de Coari está em estado de alerta em decorrência das fortes chuvas que atingem a microrregião do Solimões, bem como a elevada cheia desse rio.