A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), segue com serviços de limpeza operando normalmente na capital amazonense. Trabalhos como capinação, varrição e outras atividades são realizados nesta segunda-feira, 18/7, em todas as zonas da cidade.

Na zona Norte, o bairro Nova Cidade recebe serviços de limpeza na avenida Arquiteta Angélica Cruz, com capinação e varrição em toda a extensão da via.

Ainda na zona Norte, a rotatória Otávio Raman Neves, instalada entre as avenidas Monsenhor Amâncio de Miranda, 7 de Maio e Curaçao, no conjunto João Paulo, recebem os serviços da Semulsp. O espaço, que faz uma homenagem a um empresário da comunicação amazonense, recebeu trabalhos como pintura, paisagismo, calçadas, além de colocação de bancos, lixeiras e um palco com cobertura para práticas de atividades físicas.

Na zona Leste, a praça de alimentação do bairro Jorge Teixeira, na rua Papoulas, recebe os serviços de revitalização da Semulsp, com trabalhos iniciais de capinação.

Na zona Centro-Oeste, a prefeitura realiza a revitalização no complexo esportivo e praça do Bolota, na rua Luanda, bairro Campos Elíseos. Serviços como capinação, pintura com mosaico, implantação de jardinagem, recuperação de calçadas, além de troca de telhas e fiação elétrica são executados na área, que inclui um campo de futebol, uma quadra poliesportiva, um centro comunitário e a praça.

“A Semulsp reafirma seu compromisso com a população e a cidade de Manaus, porque esta é a determinação do prefeito David Almeida, por isso, nenhum serviço prestado pela secretaria foi afetado. Nesta segunda-feira, estamos espalhados em diversos pontos da cidade com a programação normal de trabalho”, declarou o secretário da Semulsp, Altervi Moreira.

A Semulsp também está presente com equipes em outras zonas da cidade, como Oeste e Sul, executando ações de varrição, coleta e lavagem, como nos bairros Ponta Negra, Compensa, Nova República, Crespo, Cachoeirinha, Japiim, São Geraldo, Morro da Liberdade, Dom Pedro, entre outros locais.

 

Foto– Divulgação / Semulsp