TCE


A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), promoverá nos dias 30 e 31/8 e 1º/9, duas feiras de economia criativa em dois pontos da cidade: na empresa Led Star, na zona Leste; e na sede da Prefeitura Municipal de Manaus, zona Oeste. Conforme os dados do departamento de Economia Solidária e Criativa (Desc), são mais de 1.300 empreendedores cadastrados na secretaria.

Na quarta e quinta, 30 e 31/8, a feira vai acontecer, das 9h às 16h, durante a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat), para o público interno da empresa Led Star, localizada na avenida dos Oitis, no Distrito Industrial 2, ofertando 12 oportunidades, com seis artesãos em cada dia.

“Nós estamos fortalecendo as oportunidades para empreendedores da economia solidária e criativa. Temos mais de mil artesãos no nosso banco de dados e é fundamental fazer uma vitrine para exposição que alcance todos na sociedade. Esse é o trabalho que a secretaria vem desenvolvendo com feiras dentro das empresas e do Distrito Industrial para melhorar a economia local”, destaca a diretora do Desc, Silvia Jane.

E para encerrar a programação de feiras, na sexta-feira, 1º/9, das 9h às 16h, dez artesãos poderão expor seus produtos no hall principal da Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), localizada na avenida Brasil, bairro Compensa.

Selecionados para participar, por meio de um sorteio, os artesãos terão espaço para expor e divulgar os produtos confeccionados à mão, como sabonetes, artigos domésticos, bijuterias e acessórios, roupas, bonecas de pano, biscoitos e pães, entre outros artigos.

Entre os artesãos selecionados, está o expositor Jonas Barros, que atua no ramo de produção artesanal de pimentas e cachaças. Desde que foi sorteado para participar da feira, Jonas tem se dedicado a organizar o estoque, para garantir que seus produtos estejam bem conservados e prontos para serem vendidos em grande quantidade no dia da feira.

“Nas feiras, minha expectativa é fazer novas parcerias no ramo do artesanato, aprofundar meu conhecimento sobre negócios de vendas nos produtos, e ser reconhecido pelo meu trabalho. Participo dos eventos da Semtepi há quase dois anos e essas oportunidades têm contribuído bastante para o fortalecimento da renda familiar”, descreve o expositor.

 

Fonte: Semtepi

Foto: Divulgação