Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), realizou em 150 dias, a implantação de sinalização horizontal e vertical em 234 ruas e avenidas da capital, totalizando 29 mil metros quadrados de pinturas em todas as zonas da cidade. A implantação da sinalização viária iniciou em janeiro e seguiu até maio, finalizando o primeiro semestre.

“Cumprimos o cronograma, conforme a determinação do prefeito David Almeida, e mesmo em tempo adverso, nós realizamos a aplicação de pintura. Priorizamos as ruas dos bairros e os polos geradores de tráfego e os cruzamentos mais perigosos, que necessitam de mais atenção”, disse o diretor-presidente do IMMU, Paulo Henrique Martins.


Dentre as sinalizações que foram pintadas na cidade, estão as linhas de retenção, faixa de pedestre, legenda “Pare”, linha dupla contínua, lombadas, linha de bordo, seta de sentido da via, entre outras. As pinturas foram aplicadas nos principais corredores viários da cidade, ruas de bairros, em frente de pólos geradores de tráfego, como cemitérios, igrejas, escolas, creches, feiras, faculdades, postos de saúde e praças.

O órgão de trânsito também implantou 513 placas de regulamentação, que informam aos condutores as condições, proibições, obrigações e restrições de circulação nas vias, além de ordenar o trânsito. Também foram adquiridos 70 novos grupos focais a LED veiculares e 35 grupos focais para pedestres, sendo 19 grupos para pedestres com cronômetro para contagem regressiva, e renovação de nove cruzamentos semaforizados, que foram substituídos e estavam há 20 anos em operação.


“O prefeito David Almeida busca sempre formas de melhorar a mobilidade urbana da cidade, incluindo grandes obras, asfaltamento e sinalização de trânsito. O objetivo da sinalização é regulamentar, advertir e orientar os usuários que passam nas vias”, informou o diretor de Engenharia do IMMU, Uarodi Guedes.

Ainda segundo Paulo Henrique, as sinalizações irão continuar neste semestre. “A partir de julho, nós vamos começar o planejamento de verão, que vai atender todos os principais corredores viários e revitalizar as pinturas que estão desgastadas”, concluiu.