InícioAMAZONASPrefeitura promove ação de saúde para indígenas venezuelanos atendidos por serviço de...

Prefeitura promove ação de saúde para indígenas venezuelanos atendidos por serviço de acolhimento

*Prefeitura promove ação de saúde para indígenas venezuelanos atendidos por serviço de acolhimento*

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), promoveu, nesta segunda-feira, 29/4, uma ação de saúde para famílias indígenas venezuelanas atendidas pelo Serviço de Acolhimento Indígena Venezuelano Warao, localizado no bairro Tarumã-Açu, zona Oeste da cidade.

Ao longo da manhã, equipes da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) ofereceram serviços como atendimento com clínico geral, orientação médica, serviços de odontologia, teste rápido para Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), teste para Infecção Latente da Tuberculose (ILTB) e teste rápido Molecular para Tuberculose (TRM – TB) e atualização do esquema vacinal, bem como a distribuição de medicamentos.

 

“Ações como essa, que buscam garantir o acesso à saúde para todos, especialmente hoje, para as 28 famílias que residem no local, visam cuidar, educar e prevenir, garantindo que tenham acesso aos serviços essenciais para sua saúde e bem-estar”, explicou Sabrina Marques, coordenadora do abrigo.

 

Além dos serviços oferecidos, os usuários ainda foram auxiliados no agendamento e consulta do Sistema Nacional de Regulação (Sisreg), recebendo encaminhamentos para exames especializados conforme sua necessidade.

 

De acordo com o coordenador da Estratégia de Saúde da Família (ESF), Janderlan Ramos, a equipe tem a responsabilidade de cobrir todas as famílias do distrito, oferecendo assistência médica, farmacêutica e enfermagem a todos os grupos populacionais presentes na cidade.

 

“Nosso objetivo é garantir o atendimento necessário, proporcionando uma cobertura abrangente, tanto para as crianças e adultos, levando em consideração as dificuldades enfrentadas para acesso ao atendimento e outros aspectos da realidade vivida por essas pessoas”, destacou.

 

A dona de casa Rosmim Milano, referenciada há dois meses no abrigo, elogiou a iniciativa tomada, destacando o atendimento e a importância do suporte não apenas para sua família, mas também para os outros acolhidos.

 

“Estou muito grata pelo atendimento recebido, não só falando por mim, mas pela minha família. É muito bom saber que podemos contar com esse apoio. Muito obrigada a todos os envolvidos”, finalizou.

*Texto* – Igor Costa / Semasc

*Fotos* – Diego Lima / Semasc

 



Artigos Relacionados

LEIA MAIS