Com a temática do “Junho Vermelho”, mês de sensibilização sobre a importância da doação de sangue, a Prefeitura de Manaus executou, nesta sexta-feira, 10/6, uma atividade de socialização do projeto “Running: the color life” com servidores da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Centro-Sul, da Secretaria Municipal de Educação (Semed).

A ação visou incentivar os servidores para o ato de doar sangue, bem como seus benefícios e métodos. A atividade ocorreu no auditório da sede da DDZ Centro-Sul, no bairro Cidade de Deus, zona Norte.

Na ocasião, foram realizadas palestras, oficinas, dinâmicas e momentos musicais para estimular a participação nas campanhas em prol da prevenção e promoção da saúde.

A chefe da DDZ Centro-Sul, professora Andrezza Ferreira, destacou como essa iniciativa incentiva os servidores lotados no respectivo distrito, a fim de realizar o bem à vida do próximo.

“Estamos no mês de junho, que foca a questão da doação de sangue, sendo essa uma das atividades do projeto ‘Running: the color life’, que possui ações durante todo o ano. Hoje, sensibilizamos sobre a importância da doação de sangue, para que os nossos professores, gestores e toda a comunidade escolar possam participar, juntamente com o Hemoam, dessa prática”, declarou.

A psicóloga e idealizadora do “Running: the color life”, Juciana Cruz, explicou a finalidade do projeto. “O projeto surgiu diante do contexto de isolamento social e, em 2021, percebi a necessidade de pensarmos em um projeto de movimento. Assim, o ‘Running: the color life’ tem como objetivo principal a integração, a interação e a sensibilização de todos em prol da promoção da saúde, além disso, pretendemos fortalecer as campanhas de saúde, por isso, hoje em especial, estamos trabalhando com o tema do ‘Junho Vermelho’”, esclareceu.

A servidora da Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), Suzete Camurça, destacou que o evento foi muito significativo para esclarecer sobre determinados aspectos que os doadores precisam ficar atentos no momento da doação.

“Em nome do Hemoam, agradeço ao distrito Centro-Sul da Semed, por ter nos procurado para realizarmos essa campanha. Nosso público-alvo para doação de sangue são os profissionais da educação e pais, atendendo alguns requisitos, entre eles estão: ter boa saúde, peso acima de 50 quilos, estar entre 16 e 69 anos de idade, e ter a disposição e disponibilidade para realizar a doação”, comentou.

Entre os participantes do evento estava a professora Francirlanda Holanda, gestora do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Professora Rosira dos Santos, localizado no bairro Cidade Nova, zona Norte, que mencionou como esse encontro possibilitou novas experiências e aprendizados sobre a temática.

“Esse momento é de grande relevância e me sinto muito privilegiada em estar participando. Portanto, que fique essa mensagem e esse alerta às pessoas sobre o quanto é importante a doação, porque salva vidas. O Hemoam precisa estar abastecido, para que possa atender a demanda dos hospitais e as pessoas que estão necessitando de sangue”, enfatizou.

Foto– Thaís Araújo/ Semed