TCE





Há quatro anos o Diário Oficial de São Paulo é eletrônico. O Amazonas, que se prepara para esse projeto, recebeu visita do diretor-presidente da Imprensa Oficial de São Paulo, Nourival Pantano Júnior,  que foi recepcionado  pelo presidente da Imprensa Oficial do Amazonas (IOA),  Mário Aufiero,  na sede local, na manhã desta quinta-feira (03).
Nourival informou que a informatização da secretaria gerou uma economia de 30% para o Estado, oferecendo também certificação do serviço informatizado, além de dispor da parte gráfica e editora. A sede de São Paulo funciona desde 1891 e atualmente conta com 750 colaboradores. “A editora pública de São Paulo é a mais premiada do país. Inaugurada em 2002, é reconhecida pela qualidade gráfica, bom conteúdo e com baixo custo”, disse.
Ele informa que o atual governo investe no projeto ‘Sem Papel’, que reduz custos de impressões e democratiza as informações, com a digitalização. O diretor-presidente visitou o Parque Gráfico da IOA, e o que mais chamou a atenção dele foi a impressora rotoplana, pelo valor histórico, com a primeira impressão realizada em 1853. A última chapa impressa registrada foi 100 anos depois, em 1993. Nessa época o Diário Oficial era montado letra por letra , com peças de chumbo.
Para o diretor-presidente da IOA, Mário Aufiero, modernizar é sinônimo de economia e eficácia no atendimento, oferecendo informações oficiais na palma da mão, com certificação digital”, explica ele informando que pretende ir além, fazer parcerias para incentivar o hábito da leitura na cultura regional.
Aufiero ficou satisfeito com essa troca de experiência com essa visita e ressalta que a união e parcerias entre as Imprensas Oficiais do país reforçam um serviço de qualidade para a população.