Órgãos de governo, como secretarias, escolas e unidades de saúde, já sentem melhora da performance da Internet

A Processamento de Dados Amazonas S.A. (Prodam) começou o mês de junho de 2022 operando com uma capacidade de comunicação de 10 Gbps (gigabits por segundo) de Internet. Com o upgrade, a capacidade da empresa estadual de tecnologia se equipara a grandes operadoras que atendem a região e garante a melhoria da oferta de serviços públicos aos cidadãos.

“A capacidade que estamos ofertando é realmente alta e vai impactar positivamente na prestação de serviços públicos de todos os órgãos de governo, porque quanto melhor a qualidade da Internet dos órgãos, mais eficiente se torna o trabalho dos servidores públicos”, explicou Lincoln Nunes, diretor-presidente da Prodam.

Atualmente, a Prodam oferece o serviço de acesso gerenciado à Internet para 38 clientes. São mais de 100 pontos de conectividade em secretarias, escolas, unidades de saúde, delegacias, entre outros, que contam com link de internet dedicado sete dias por semana, 24 horas por dia.

De acordo com o gerente de infraestrutura e serviços de TI da Prodam, Salim David, o grande diferencial da empresa é a segurança. “Além de ter Internet em alta disponibilidade, nós temos um sistema de segurança robusto, capaz de processar até 20Gbps de tráfego, filtrando ataques de negação de serviço, inclusive podemos bloquear acessos oriundo de qualquer país. No Brasil, poucas empresas possuem um equipamento desse porte”, explicou Salim.

Futuro
Segundo o presidente da Prodam, com o aumento da capacidade de Internet, a Prodam amplia a infraestrutura do seu backbone, uma espécie de rede principal pela qual os dados de todos os clientes de Internet trafegam.

“Estamos nos preparando para suportar as demandas futuras, como a expansão da rede metropolitana que atende órgãos de governo na capital e Região Metropolitana, e das redes do Gasoduto Coari-Manaus e Amazônia Conectada que já contam com 55 pontos ativos”, afirmou Lincoln.

Sobre a Prodam
A Prodam é uma sociedade de economia mista, tendo como maior acionista o Governo do Amazonas. O objetivo da empresa é a prestação de serviços especializados em Tecnologia da Informação e Comunicação aos órgãos integrantes da Administração Pública Estadual, podendo, complementarmente, atender órgãos federais, instituições privadas, administrações municipais e outras administrações estaduais.

Os técnicos da Prodam desenvolvem soluções que impactam o dia a dia do amazonense, como os sistemas de educação pública e de trânsito. Além disso, a empresa desenvolve soluções que melhoram a gestão governamental, como os sistemas de patrimônio, almoxarifado e protocolo eletrônico.

 

Fonte: Secom

Foto: Lucas Silva