O rapper Filipe Ret virou meme e entrou para os assuntos mais comentados do Twitter nesta quinta-feira, 15, ao dar dica para um seguidor “deixar o tráfico” vendendo quentinhas veganas. O artista vem sendo criticado nas redes sociais por agir como se fosse possível ficar rico ou resolver o envolvimento com o narcotráfico vendendo marmitas.

“Me tira do tráfico, irmão”, pediu um seguidor. Na resposta, o rapper deu uma “fórmula” para o fã ganhar dinheiro vendendo quentinhas com arroz, feijão, banana e couve, sem carne ou ovo.

Em seguida, ele fez as contas do lucro: “1 Kg de feijão preto = R$7, 1 Kg de arroz = R$10, meia dúzia de banana = R$6, 3 bandejas de couve = R$12, 1 cabeça de alho, 2 cebolas, um pouco de azeite e óleo.  18 marmitas de 500 g. Com +/- 35 reais. Vendendo cada quentinha a 12 reais, com 35 você faz 216, com 350, faz 2.100, com 700, faz 4300, com 1700, você faz 10 mil”, disse nos Stories.

Muitos detonaram o conselho por simplificar as coisas; tanto por dar a entender que sair do tráfico é simples como uma conta de matemática, quanto por conta dos ingredientes da quentinha vegana, que ainda dividiu 1 kg de arroz para 18 marmitas, e esqueceu do gás e outros gastos que se tem para cozinhar.