TCE


É do Brasil! Rebeca Andrade fez o “Baile de Favela” ecoar forte, mais uma vez, e conquistou o ouro inédito para o Brasil no individual geral do Mundial de ginástica artística na quinta-feira, 03 de novembro, em Liverpool, na Inglaterra.

Confirmando o favoritismo, a vice-campeã olímpica da prova passou a ser a primeira brasileira campeã mundial da prova mais tradicional da modalidade. A ginasta de 23 anos agora é a nova a número 1 do mundo.

Com a bandeira do Brasil no solo da arena de Liverpool, a atleta comemorou com louvor e emocionou a todos. Diante da conquista histórica, a atleta fez questão de ressaltar o orgulho de representar mulheres pretas no topo do pódio com uma música tão emblemática.

“É pra mostrar do que o preto é capaz, né!? Eu me sinto muito orgulhosa de levar essa música para o mundo tudo”, disse.

A ginasta número 1 do mundo, que é a segunda ginasta preta da história a se tornar número 1 de um Mundial, depois da americana Simone Biles, que teve problemas de saúde mental na última olimpíada, seguiu seu desabafo:

“No Brasil, todo mundo que entende as dificuldades que uma atleta preta tem, que uma pessoa preta tem de chegar no alto rendimento de ter possibilidades, oportunidades… De certa forma tentar ajudar essas pessoas. Para chegar aqui hoje, tive muita ajuda no início. Dos meus vizinhos, quando eu morava junto com a minha mãe, de emprestar dinheiro, de condução, de ficar na casa dos outros para eu conseguir treinar”, recordou, emocionada.

 

Assista a apresentação da atleta: 

 

 

Fonte – https://www.ofuxico.com.br/noticias/

Foto – Ricardo Bufolin/CBG