Presidente da Comissão, Senador Omar Aziz apresenta calendário da reta final da CPI, com últimos depoimentos marcados para próxima semana

A data de votação do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia foi anunciada para o dia 20 de outubro, de acordo com o presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD). O presidente adiantou o calendário da reta final das oitivas, que deve receber os últimos convocados até a próxima semana.

Ao comunicar os membros da CPI que a próxima semana representa a última oportunidade para ouvir os depoentes, Aziz informou que na terça-feira, 05/10, o executivo da VTCLog, Carlos Alberto Sá, será inquirido acerca da suspeita de ter feito pagamentos ao ex-diretor de logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias. A VCTLog é contratada pela pasta para receber, armazenar e distribuir as vacinas contra o coronavírus.

“Só se houver um fato muito grave, relevante, do ponto de vista novo, não daquilo que a gente vem tratando – sobre tratamento precoce, imunização de rebanho, vacina – um fato extrapauta que até hoje não foi tratado aqui, nós abriremos exceções para ouvir”, completa Omar.

Na quarta-feira, 06/10, a proposta é ouvir um dos 12 médicos que atuaram na Prevent Senior e que elaboraram um dossiê entregue à comissão com diversas denúncias sobre o tratamento da empresa aos pacientes com Covid-19, inclusive com suspeita de alteração de prontuários. Já na quinta-feira, 07/10, a CPI deve encerrar a série de depoimentos com representante da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Após finalizar os depoimentos, o senador Renan Calheiros (MDB) terá cerca de oito dias para elaborar o seu relatório, que será apresentado oficialmente no dia 19 de outubro, sendo colocado para aprovação no dia seguinte, 20 de outubro. O relator classificou como “oportuno” o calendário de encerramento dos trabalhos.

Fotos: Ariel Costa