Na última semana, o Governo do Estado entregou reforma de restaurante popular na zona norte de Manaus

O segundo Prato Cheio reformado e entregue pelo governador Wilson Lima, nesta segunda-feira (21/03), fica no bairro da Compensa, na zona oeste da capital. Com a capacidade de ofertar até 400 refeições por dia, o novo Prato Cheio traz dignidade para a refeição e para o trabalho de centenas de pessoas diariamente. Trabalhadores e usuários assíduos do programa elogiaram as mudanças na infraestrutura e destacaram a importância da iniciativa.

A aposentada Maria do Desterro, de 63 anos, almoça diariamente na unidade. Moradora da Compensa, ela afirma que o local traz mais dignidade para as refeições dela, e do filho, Fábio Junio Melo, de 39 anos.

“Eu venho todo dia, a reforma tá linda, tá boa demais. Eu acho ótimo, que o governo não deixe de nos ajudar, de ajudar quem precisa, porque isso aqui é uma ajuda para quem precisa. Eu tenho precisão, com um filho cadeirante, nosso dinheiro mal dá para sobreviver e aqui é o nosso porto seguro para o almoço.”

Por conta da deficiência, o filho da aposentada não precisa frequentar o local para receber a refeição. Com ajuda da equipe do Prato Cheio, ela garante a dupla refeição pelo valor de apenas R$ 2 por dia.

Durante a entrega da unidade revitalizada, o governador Wilson Lima afirmou que, inicialmente, o restaurante popular da Compensa – que antes ofertaria 200 refeições – passa então a dobrar a sua capacidade, e terá refeição para, em média, 400 pessoas por dia.

A revitalização foi boa não apenas para os usuários. Wellington Nobre de Andrade, de 52 anos, também é morador da Compensa e atua servindo refeições no Prato Cheio há dois anos. Para ele, a reforma também traz benefícios para os trabalhadores da unidade.

“É importante essa reforma porque o restaurante estava mesmo precisando dessa reforma e informar a todos vocês da comunidade que pode vir comprar a comida aqui a R$ 1, é importante para as pessoas em vulnerabilidade, porque tem muitas aqui muito carentes que estão desempregadas”, ressaltou.

Para ele, a maior recompensa é o agradecimento no olhar de quem mais precisa. Um prato de comida que pode fazer a diferença na vida de muitos.

“E a população também só dá parabéns para nós, todos os dias nós recebemos deles parabéns, porque nós fazemos um bom atendimento, com qualidade e uma comida com qualidade”, afirmou Wellington.

 

Fonte: Secom

Foto: Lucas Silva