Durante os debates do grande expediente desta quarta-feira (3), o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Roberto Cidade (PV), reforçou a importância da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Amazonas Energia e pediu aos membros que sejam enérgicos com a concessionária, que segundo ele, presta um péssimo serviço à população.

“Não param de chegar denúncias no meu celular e ao meu gabinete pela falta de um serviço de qualidade, sobretudo no interior do Amazonas. Ao presidente, deputado Sinésio, peço que a CPI seja firme”, afirmou.

Cidade sugeriu também que a Comissão convoque o funcionário da Amazonas Energia que agrediu um empresário no bairro Parque 10. O vídeo da agressão viralizou nas redes sociais recentemente.

“Chamem aquele rapaz para que ele explique aquela situação. O porquê ele agrediu o dono da padaria no Parque 10”, destacou.

 Vacina

Em seu discurso, Roberto Cidade também falou sobre a vacinação contra a Covid-19 e lamentou que cerca de 500 mil amazonenses ainda não voltaram para tomar a segunda dose do imunizante.

De acordo com o parlamentar, é preciso haver uma união de conscientização sobre a importância de se completar o ciclo vacinal.

“Países como a Holanda, por exemplo, não conseguiram avançar na segunda dose e já estão retomando as restrições. Aqui no Amazonas estamos voltando à vida normal aos poucos, mas para que possamos voltar de vez, é preciso que a população se vacine. Temos que nos mobilizar, unir forças e conscientizar os amazonenses a tomar a segunda dose”, disse.

Via Assessoria de Imprensa