Tudo pode acontecer com o Alvinegro Praiano: permanecer na elite, cair e até mesmo se classificar para as quartas de final

Com 10 pontos, o Santos chega à reta final da primeira fase do Paulistão 2022 na terceira posição do Grupo D. Ou seja: todos os cenários estão em aberto.

A Ferroviária, adversária da quarta-feira (16), às 19h, em Araraquara, tem igual pontuação e posição — no C. Na classificação geral, contudo, por critérios de desempate, o Peixe é o 14º e a Ferrinha, 13º.

Abaixo de ambos, só Ponte Preta, com 8, lanterna do D e em 15º geral — e Novorizontino, rebaixado com antecedência, lanterna do B, e da competição, com 3. Os dois times que ficarem nos últimos lugares vão jogar a Série A-2 do Paulista 2023.

Ocorre que o Peixe também pode se classificar para as quartas de final. Se bater a Ferroviária na Fonte Luminosa, chegará à rodada 12, derradeira, dependendo apenas de si para avançar.

Para chegar ao mata-mata, precisará superar o Água Santa no domingo (20), às 16h, na Vila Belmiro. Aliás, todos os duelos decisivos serão travados em mesmo dia e horário.

Pela classificação em seu grupo, já que só dois seguirão, o Peixe mantém um olho no Santo André, dono de 12 pontos no Grupo D — segunda colocação, atrás de RB Bragantino, líder com 19. O time do ABC recebe a Inter de Limeira.

E outro olhar santista está voltado para a Ponte Preta — que, vale reiterar, assim como o Alvinegro Praiano, e a própria Ferroviária, luta para não cair. O time de Campinas pega o Ituano, em casa.

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação