Válido pela sétima rodada do Paulistão, duelo desta quinta à noite reserva um tabu: mandante, time do interior nunca bateu o Peixe

Três empates, duas vitórias, uma derrota: com igual retrospecto no Paulistão 2022 é que Santos e Mirassol jogam nesta quinta-feira (17), às 19h, no Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, em Mirassol, pela sétima rodada da competição.

O Peixe, que vem de vitória sobre o Ituano por 2 a 1, mira a liderança provisória do Grupo D, onde tem nove pontos.

O rival do interior, que empatou com a Inter de Limeira na rodada anterior (2 a 2), também soma nove e quer fazer bonito na caminhada rumo ao topo da chave A.

Mais novidades para o duelo tem o Santos. Ainda que Auro não deva jogar — o lateral-direito já treina, mas mal chegou do Toronto, do Canadá —, certo é que três atletas retornam.

Ângelo, que a torcida não abre mão de que seja titular no ataque, está recuperado de entorse no tornozelo esquerdo; já o lateral-esquerdo Felipe Jonatan reúne condições depois de superar desgaste físico; e o meia Camacho está liberado após cumprir supensão por terceiro amarelo.

Também é grande a expectativa para que Lucas Pires comece jogando — assim como ocorreu no compromisso vitorioso contra o time de Itu. Ele, que veio do time vice-campeão da Copinha, trava natural disputa na posição com Jonatan, 24 anos. “Acredito que eu melhoro a cada dia estando do lado dele”, pondera Pires, de 20.

“Conquistar uma vitória fora de casa contra uma grande equipe, que é o Mirassol, vai dar ainda mais confiança para a gente embalar nos próximos jogos e buscar essa classificação”, finaliza o jovem, via assessoria de imprensa.

Outra possibilidade é de novamente Gabriel Pirani ganhar chance entre os titulares na ausência de Ricardo Goulart — que deve ser poupado para estar 100% no clássico contra o São Paulo, domingo, às 18h30, na Vila Belmiro.

 

Já os uruguaios Emiliano Velázquez e Carlos Sánchez seguem como desfalques. O zagueiro, por desgaste físico. O meio-campo está machucado.

O adversário
Pelo lado do Mirassol, o confronto também representa a possibilidade da quebra de um tabu: a equipe do interior jamais bateu o Peixe. Os dois mediram forças oito vezes, desde 2008, pelo Campeonato Paulista. O Santos venceu sete e empatou uma.

Porém, para escrever um inédito triunfo diante de sua torcida, o Mirassol precisará contornar um quadro adverso: dois atletas suspensos (o meia Camilo e o lateral Rodrigo). E mais: contundido, o zagueiro Rayan também fica ausente.

FICHA TÉCNICA
Mirassol x Santos
Local: Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, em Mirassol
Data e hora: quinta-feira (17/2), às 19h
Árbitro: Thiago Luis Scarascati

MIRASSOL: Darley; Ivan, Thalisson Kelven, Lucão e Pará; Luís Oyama, Neto Moura e Rafael Silva; Fabrício Daniel, Negueba e Zeca. Técnico: Eduardo Baptista.

SANTOS: João Paulo; Madson, Kaiky, Eduardo Bauermann e Felipe Jonatan (Lucas Pires); Camacho, Zanocelo e Gabriel Pirani (Marcos Guilherme); Ângelo, Marcos Leonardo e Lucas Braga. Técnico: Fábio Carille.

 

 

Fonte: R7

Foto: Divulgação