TCE


Brasil – Em uma partida que teve de tudo, o Santos finalmente deixou a zona de rebaixamento do Brasileirão ao golear o Vasco da Gama, por 4 a 1, na tarde deste domingo (1°), na Vila Belmiro, pela 25ª rodada.

A segunda vitória seguida — ambas sob o comando interino de Marcelo Fernandes — tirou o Santos da zona de rebaixamento depois de oito rodadas seguidas. O Peixe é o 15º colocado, com 27 pontos.

Por outro lado, o Vasco perdeu uma invencibilidade de quatro jogos e, na 16ª colocação, com 26 pontos, corre o risco de voltar para a zona de rebaixamento. Isso acontece se o Goiás pontuar diante do Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ), na segunda-feira (2).

Emocionante do início ao fim

O jogo começou com uma polêmica que originou a abertura do placar aos 14 minutos. Marcos Leonardo caiu na área após dividida com Puma Rodríguez e Anderson Daronco assinalou pênalti depois de consultar o VAR, gerando muita reclamação dos vascaínos. O próprio centroavante cobrou e colocou o Santos na frente.

Depois disso, o Peixe recuou e passou a explorar o erro do Vasco. Foi assim que quase ampliou. Léo se atrapalhou na saída de bola, mas conseguiu se recuperar e travou a finalização de Lucas Lima. No lance seguinte, aos 30, Kevyson perdeu a bola, e Gabriel Pec puxou contra-ataque, dando a assistência para Vegetti deixar tudo igual.

Um apagão do Vasco no fim do primeiro tempo fez o Santos encaminhar a vitória. Aos 45, Soteldo cobrou escanteio, Dodô desviou e Tomás Rincón completou na segunda trave. Dois minutos depois, Jean Lucas fez grande jogada individual e deixou para Marcos Leonardo acertar um chute rasteiro no cantinho de Léo Jardim.

Confusão e mais gol

Atrás do placar, o Vasco voltou com uma formação mais ofensiva: Payet e Sebastián entraram nos lugares de Zé Gabriel e Praxedes. E o atacante paraguaio quase diminuiu aos dois minutos, mas parou em João Paulo. O Santos chegou a fazer mais um com Marcos Leonardo, mas o gol foi anulado porque o camisa 9 estava impedido.

Aos 9, Sebastian deu uma entrada dura em Soteldo e teve início uma confusão generalizada entre os jogadores dos dois times. A partida ficou paralisada por oito minutos e houve três expulsões: Lucas Lima e Rodrigo Fernández, que estava no banco de reservas, pelo Santos, e Medel, pelo Vasco.

O jogo ficou aberto e o Santos fez o quarto, aos 29. Marcos Leonardo chutou e Léo Jardim tirou com os pés. Na sequência, Tomás Rincón ajeitou e Soteldo encheu o pé. Entregue, o Vasco não conseguiu mais ameaçar João Paulo.

Próximos jogos

Pela 26ª rodada, o Santos faz o clássico contra o Palmeiras, no domingo (8), na Arena Barueri, e o Vasco recebe o São Paulo, em São Januário, no sábado (7).