TCE


Município aumentou cerca de 300% número de servidores nessa área, sendo o que mais possui profissionais de nível superior e a maior densidade de médicos por habitantes_

Quem reside em Itamarati, cidade amazonense localizada a 983 quilômetros de Manaus em linha reta, acompanha e comemora os avanços na saúde. Nos últimos quatro anos, o quadro de servidores da área quase quadruplicou: passou de 8 para 31 profissionais.

As mudanças nesse setor vital foram significativas. “Esse quantitativo faz de Itamarati o município com maior número de profissionais de nível superior em seu quadro funcional”, ressalta o prefeito João Campelo.

Para melhor atender as demandas e começar a resolver as deficiências apontadas pela população durante a campanha eleitoral de 2020, o prefeito investiu pesado no setor. Antes, o sistema contava apenas com o trabalho de 3 médicos; 1 enfermeiro; 1 fisioterapeuta e 3 dentistas.

O primeiro passo foi ampliar o quadro de profissionais que atuam na linha de frente. Atualmente, a equipe é, praticamente, quatro vezes maior. É composta por 8 médicos; 6 enfermeiros; 2 fisioterapeutas; 7 cirurgiões-dentistas; 5 biomédicos; 2 psicólogos; 1 assistente social.

O prefeito reforça que a expansão do quadro local de servidores do Sistema único de Saúde (SUS) também contou com a contratação de mais Agentes de Combate a Endemias, Agentes Comunitários de Saúde e uma média de 15 técnicos de Enfermagem.

*Destaque no quantitativo de médicos*

Conforme dados da nova Demografia Médica Brasileira divulgada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), em fevereiro de 2023, cerca de 40 mil novos médicos ingressaram no mercado nos últimos dois anos no país. O reforço levou a densidade de 2,6 médicos para cada grupo de mil habitantes. A grande maioria se concentra nas regiões Sul e Sudeste.

Fora das capitais, em especial na região Norte, o número de médicos é reduzido, gerando desproporção entre os que precisam de atendimento e os que estão aptos a prestar o serviço. Nas cidades do interior do Amazonas, por exemplo, de acordo com as informações do CFM, divulgadas no site https://vocativo.com/2023/02/12/amazonas-tem-menor-proporcao-de-medicos-por-habitante-do-pais/, a densidade de médicos é de 0,15 para cada grupo de mil habitantes.

Itamarati foge ao padrão do estado e se destaca com densidade demográfica de 0,7. O município tem um desempenho superior, em relação ao número médio de médicos por habitantes no Amazonas, de 366,67%.

*“Vizinhos” são beneficiados*

De acordo com o João Campelo, é contínua a aquisição de equipamentos e insumos para o município de Itamarati. “Isso nos possibilita ter um atendimento na área de saúde que acaba atraindo demandas de outros municípios vizinhos, inclusive de Manaus”, informa.

Segundo o prefeito, Itamarati realizou, nos últimos meses, mutirões de consultas e cirurgias. Na ocasião, atendeu mais de 32 pacientes residentes em outros municípios como Eirunepé, Envira e Carauari.