TCE


Na sexta-feira (8), a 26ª edição do Simpósio Brasileiro de Métodos Formais (SBMF 2023), realizado pelo Instituto de Computação da Universidade Federal do Amazonas (IComp/Ufam), chegou ao fim. O evento, que aconteceu de 4 a 8, marcou a semana com intensas discussões, apresentações e colaborações acerca dos principais expoentes da pesquisa científica no campo. O SBMF 2023 reuniu especialistas, acadêmicos e profissionais renomados e dedicados ao avanço e aplicação de métodos formais em diversas áreas e de diversos países.

Durante o evento, os palestrantes nacionais e internacionais promoveram um ambiente propício à troca de ideias e à formação de parcerias colaborativas. A diversidade de perspectiva, interdisciplinaridade e a internacionalização foram visíveis, evidenciando a amplitude de aplicações e a relevância contínua dos métodos formais na pesquisa científica e nos avanços tecnológicos.

O coordenador geral do SBMF 2023 e professor da Ufam, Edjard Mota, fez uma avaliação positiva sobre o evento. “Superou todas as expectativas. As palestras foram de altíssimo nível, e no último dia, tivemos a palestra de um ex-aluno nosso que hoje trabalha com serviços de Web na Amazon, em Nova York, e os participantes ficaram maravilhados em saber como a Amazon utiliza os métodos formais e outras ferramentas que estão disponíveis na internet. Isso evidencia a necessidade de cada vez mais utilizar esses tipos de tecnologia para garantir confiabilidade com funcionamento de sistemas de computação”, afirmou Edjard Mota.

Além dos avanços celebrados, as discussões também destacaram questões relacionadas à complexidade computacional, integração de ferramentas, e a necessidade de mais investimentos em pesquisas sobre métodos formais para garantir a segurança e confiabilidade dos usuários de sistemas computacionais em diversos domínios de aplicação, que vão desde aplicativos até a indústria automotiva.

Entre os temas abordados no evento estão: IA Neurossimbólica para Alcançar uma IA Confiável, Raciocínio Automatizado para a Teoria dos Tipos, Raciocinadores Colaboradores: combinação de teorias além de Nelson-Oppen, Métodos Formais em Engenharia de Sistemas – verificando modelos SYSML V2 e Verificação de Modelo no Fluxo de Trabalho de Desenvolvimento de Software na AWS.

Ao final do simpósio os participantes expressaram otimismo em relação ao futuro da pesquisa em métodos formais no Brasil, destacando a importância de eventos como esse para fortalecer a comunidade científica e impulsionar o desenvolvimento de soluções mais seguras e confiáveis em diversas áreas tecnológicas. “As palestras do evento trazem uma riqueza e nos expõe a novas ideias, novas perspectivas e abre a possibilidade de colaborações para alunos e outros pesquisadores”, destacou o membro do comitê especial de métodos formais da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), professor Sérgio Campos.

A próxima edição do Simpósio Brasileiro de Métodos Formais já está sendo planejada, prometendo continuar impulsionando o avanço científico e tecnológico no país. “O próximo evento será em Vitória, no Espírito Santo, pela primeira vez. As datas ainda não foram definidas, mas provavelmente será no início de dezembro de 2024”, declarou o membro do SBMF, Sérgio Campos.

Programações adicionais

A 26ª edição do Simpósio Brasileiro de Métodos Formais (SBMF 2023) contou com duas programações simultâneas, que ocorreram nos dias 4 e 5: a 8ª edição da Escola Teoria de Ciência da Computação e Métodos Formais (ETMF) e a 2ª edição do Workshop Internacional Sobre Raciocínio Formal Automatizado para Garantir Sistemas de IA Confiáveis, o AFRITS 2023.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da UFAM

Foto: Divulgação