Conteúdo é exibido nas redes sociais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa todas as quintas-feiras

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, está no ar, todas as quintas-feiras, com a série sobre as curiosidades do 24º Festival Amazonas de Ópera (FAO), que inicia no dia 29 de abril, no palco do Teatro Amazonas. O conteúdo audiovisual é exibido no canal da pasta no Youtube e no Instagram (@culturadoam).

O secretário Marcos Apolo Muniz explica que a proposta é apresentar os bastidores da primeira edição após dois anos de pandemia. Segundo ele, entre os temas estão as histórias das óperas, produção de cenários e figurinos, ensaios de orquestras e coral, além de mostrar quem trabalha por trás dos espetáculos.

“Vai ser uma edição histórica e queremos dividir cada etapa do processo com o público que acompanha o Festival Amazonas de Ópera”, afirma o titular da pasta. “Nossas equipes estão acompanhando todos os detalhes”.

Estreia – No primeiro vídeo, o maestro Luiz Fernando Malheiro, diretor artístico do FAO, fala sobre as óperas “Il Tabarro”, de Giacomo Puccini; “O Menino Maluquinho”, de Ernani Aguiar; “Peter Grimes”, de Benjamin Britten; “Il Trovatore”, de Giuseppe Verdi; e “O Caixeiro da Taverna”, Guilherme Bernstein.

“Estamos voltando ao palco do Teatro Amazonas com muita alegria, para trazer títulos importantes”, destaca o regente.

A produção da série tem assinatura de Moacyr Massulo e Alessandra Mourão, em parceria com o setor de audiovisual da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

FAO – O Festival Amazonas de Ópera é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e da Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC). Um projeto aprovado na Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura, com patrocínio master do Bradesco e patrocínio Innova.

Os ingressos já estão à venda em bilheteriadigital.com e na bilheteria do Teatro Amazonas.

Bradesco e cultura – Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. Além do Teatro Bradesco, o banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros. O banco também mantém o Bradesco Cultura, plataforma digital que reúne conteúdo relacionado às iniciativas culturais que contam com o patrocínio da instituição. Visite em cultura.bradesco.