Manaus/AM- Um homem identificado como Deiwe Camarão, 41, foi preso nesta quarta-feira (10), suspeito de assassinar a costureira Vera Lúcia dos Santos Lima, 34, morta com sete facadas no pescoço no dia 7 de maio deste ano no conjunto Braga Mendes, no bairro Cidade de Deus, na zona Norte de Manaus.

egundo a polícia, o crime teria motivo passional, e no local não havia indícios de arrombamento, indicando que o assassino era próximo da vítima. Vera Lúcia atuava como costureira e foi encontrada morta pelo filho, após três dias desaparecida.

Outros dois envolvidos no homicídio, Edvana Mendonça, 34, e Fernando Silva de Leão, 29, também foram presos na última segunda-feira (8). De acordo com informações da Delegacia de Homicídios, os dois tinham um relacionamento amoroso. A mulher estava com o telefone celular da vítima, que foi roubado no dia do crime, e, por meio dele, a polícia localizou o casal.

As evidências apontaram que Edvana também conhecia Deiwe, que alegou manter um relacionamento extraconjugal com a vítima e que teriam se encontrado poucos dias antes do homicídio. Após o fato, o infrator entrou em contato com familiares da vítima, a fim de saber dos desdobramentos das investigações, chegando a dizer, inclusive, que teria pistas.

O trio vai responder por homicídio e serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição da justiça.