O apresentador Tiago Leifert abriu o coração sobre sua saída da Globo após 15 anos na emissora. O anúncio foi feito ontem (9) pela emissora e pegou a todos de surpresa.

Em conversa com Ana Maria Braga, no ‘Mais Você’, desta sexta-feira (10), Tiago abriu o coração sobre a decisão de deixar a Globo.

“Se for pegar a primeira vez que eu tive uma sensação dessa, faz muito tempo, pelo menos quatro anos. Mas eu soterrei. A minha história mesmo começa 20 anos atrás, quando me mudo pros Estados Unidos. Meu objetivo era trabalhar no esporte na Globo”, contou ele, que cresceu nos bastidores já que o pai era diretor na emissora.

“Tive uma vida de atleta. Na véspera do ‘The Voice’ ou do ‘Big Brother’, eu não saía. Essa obsessão sempre, trabalhando muito, sem férias. Minha grande epifania no ano passado, ‘BBB 20’, minha esposa grávida. O programa tinha sido grande e eu não estava feliz”, explicou.

O apresentador, que emendou vários programas nos últimos anos, disse que começou a se questionar sobre a carreira. “e perguntava ‘quando eu vou comemorar a vitória?’ É agora, minha mulher está grávida, tem tanta coisa que eu quero aprender, tanta coisa maravilhosa, quero voltar a estudar. Era essa escolha que eu tinha que fazer. Sair ou ficar mais quatro anos. Ano passado, quando eu falei isso, foi um choque. Mas eles entenderam. Eu preciso declarar vitória e falar: ‘Tiago, deu certo”, contou.

O apresentador afirmou que já havia avisado a Globo há um ano e que agora bateu o martelo sobre a saída. “Decidi que ia sair da Globo porque minha missão aqui está cumprida”.

Leifert contou ainda que iria contar ao pai da decisão quando recebeu a ligação para substituir Faustão. “Pessoal, finge que eu sou o Faustão e eu vou fazer igual a ele. Brinquei de Faustão e amei aquele domingo. Foi muito legal, gostoso de fazer. Meu contrato iria terminar em setembro. Na semifinal do ‘Dança’, eu decidi”, disse ele, que pediu para fazer mais uma temporada do ‘The Voice Brasil’ e a emissora aceitou.

Tiago disse que quer acompanhar o crescimento da filha, Lua, de 10 meses, e afirmou que demorou a ser pai justamente porque não quer ser ausente em momentos especiais.