Pelo menos oito pessoas morreram hoje (20) em uma universidade russa, na cidade de Perm, a 1,3 mil quilômetros de Moscou, durante tiroteio praticado por um adolescente, que se acredita ser estudante da instituição. O autor do tiroteio foi morto pela polícia.

Além dos mortos, houve também vários feridos e alguns alunos saltaram pela janelas do edifício em pânico.

O presidente russo, Vladimir Putin, atribui as ações à influência dos Estados Unidos, com o efeito da globalização.

O uso e porte de armas na Rússia é rigoroso, mas esses atos são cada vez mais frequentes.

Com informações da Agência Brasil.