Manaus – O Controle Externo do Tribunal de Contas do Amazonas (Secex/TCE-AM) passa a contar, a partir desta quarta-feira (15), com uma nova central de monitoramento para obter informações de natureza estratégica. O sistema foi inaugurado pelo presidente da Corte de Contas amazonense, conselheiro Mario de Mello, que destacou as novas funções adquiridas com a central.

“Esse é um instrumento de importância tremenda, já que agora teremos um fato e uma ação imediata do Tribunal de Contas. Temos inclusive a capacidade de avisar aos gestores se estiverem fazendo alguma coisa equivocada, ao mesmo tempo em que municiamos o Controle Externo. Mais uma vez a Corte de Contas está avançando nessa área tecnológica”, destacou o presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello.

Também participaram da solenidade de inauguração da Central de Monitoramento o conselheiro Josué Cláudio; o procurador-geral do Ministério Público de Contas (MPC), João Barroso; os secretários geral de Administração, Solange Ribeiro, e de Tecnologia da Informação, Artur Loureiro; além de diretores, chefes de departamento e de divisão, e servidores do TCE-AM.

A Central

Desenvolvido por técnicos da Corte de Contas e coordenado pelo Departamento de Informações Estratégicas (Deinfe), o sistema utilizará a tecnologia ‘Video Wall’ e servirá, a partir de agora, para monitorar as gestões dos jurisdicionados da Corte de Contas. Com foco em âmbitos fiscais, previdenciária, tributária, orçamentária, relativa a obras e serviços de engenharia, transferência voluntária, admissão, saúde, educação, ambiental, entre outras, o sistema conterá uma central de mídia envolvendo computadores, notebooks e televisores para melhor visualização dos dados por parte dos técnicos do TCE-AM.

“Esse sistema faz parte do movimento de modernização que o Tribunal de Contas do Amazonas vem passando. A partir dos monitoramentos feitos pela nova central, poderemos alertar os órgãos especializados no controle das gestões para agirem quando forem detectados problemas relevantes na gestão e até mesmo irregularidades que possam ser corrigidas a tempo”, explicou o diretor de controle externo de tecnologia da informação, Stanley Scherrer.

Além da possibilidade de emissão de alertas por meio do monitoramento constante, o sistema possibilitará a geração de painéis gerenciais e achados instantâneos, rankings, índices, mapas, indicadores e demais arranjos gráficos que poderão ser acompanhados pelo setor técnico da Secex, entre outros.