A justiça eleitoral no município de Coari decidiu que a rádio Tiradentes de Coari foi usada pela direção da emissora e seus apresentadores para crimes Eleitoral na eleição de 2020. Os apresentadores Robson Roberto Tiradentes, Robson Roberto Tiradentes Júnior, Raione Cabral e Jander Sylvio Costa da silva foram declarados inelegíveis, assim como foram cancelados os registros de candidatura de Robson Tiradentes Júnior e Jander Sylvio.

Segundo a Justiça Eleitoral, a Rádio Tiradentes foi usada como palanque eleitoral, tanto para promover Robson Tiradentes Júnior, como para atacar seus opositores eleições de 2020 (veja a sentença abaixo).

Sentença(1)

Além de inelegíveis (ou como se diz no jargão popular “ficha-sujas”),a justiça condenou ainda Robson Tiradentes Júnior e Jander Sylvio ao pagamento de multa de mais de R$ 20 mil (vinte mil reais) e a empresa DPM DESIGN MARKETING e PROPAGANDA Ltda.- RÁDIO Tiradentes foi multada em mais de. R$ 106 mil (cento seis mil reais).

 

Fonte: confira a matéria completa no Radar Amazônico