Manaus– Joabson Agostinho Gomes e Jordana Freire, acusados de envolvimento na morte do sargento do Exército, Lucas Ramon Guimarães no dia 1 de setembro, foram soltos na manhã desta quarta-feira (10) em Manaus.

Os advogados dos donos da rede de supermercados Vitória, entraram com pedido de habeas corpus, que foi acatado pela Justiça nesta terça-feira (09). A informação foi confirmada pelo advogado da família do sargento, Iuri Albuquerque.

O casal estava preso desde o último dia 21 de setembro, e teve três pedidos de habeas corpus negado desde então.